Mensagem da administração


O compromisso com a perenidade - que sempre fez parte de nossa história e foi reafirmado com o propósito A vida é feita para durar - mostrou-se imprescindível para encerrarmos 2017 ainda mais fortes e preparados.

Apoiados por uma gestão que prioriza excelência operacional e financeira, os bons resultados das unidades na Europa, Ásia e África, na América Latina e, especialmente, na América do Norte, minimizaram o impacto do terceiro ano consecutivo de recuo de vendas no Brasil. Com isso, conseguimos manter um Ebitda ajustado consolidado de R$ 1.762 milhões, menos 26% ante os R$ 2.373 milhões registrados no ano anterior.

A diversificação de portfólio também foi essencial para seguirmos comprometidos com a criação de valor em longo prazo. Expandimos a oferta de produtos em todas as regiões, com novas formulações de cimento, de concreto e de argamas­sas, que suprem demandas específicas de diferentes perfis de clientes e buscam menor impacto ambiental. Além disso, crescemos em insumos agrícolas no Brasil, onde somos líderes desse mercado e continuamos trabalhando para atender a um número maior de clientes de todas as regiões.

Mesmo em um cenário desafiador, continuamos investindo com responsabilidade. Demos partida, em março, à nova operação de Sivas, na Turquia, onde, mesmo com poucos meses de operação, já alcançamos ótimos níveis de produ­tividade. Nossa nova fábrica de Yacuses, na Bolívia, teve seu primeiro ano de operação plena.

Nos próximos dois anos, o foco estará nos projetos de expan­são da unidade de Charlevoix (Estados Unidos), com início previsto para 2018, e de novas linhas nas fábricas Olavarría e San Luis, na Argentina, que entram em operação em 2018 e 2019.

Vendemos operações na China, no Chile e nos Estados Uni­dos (estados da Flórida e da Califórnia), seguindo a estratégia de focar em regiões que identificamos como mais promisso­ras na criação de valor.

Trabalhamos com afinco para ampliar a eficiência de nossas operações fabris e logísticas, o que reduz custos e melhora a pegada ambiental do negócio. São medidas que vislum­bram o futuro, mas já repercutem positivamente no presente. No Brasil, crescem nossas iniciativas por diversas fontes de coprocessamento, que substituem o coque de petróleo por biomassas renováveis, como bagaço de babaçu e cavacos de madeira, para alimentar os fornos de cimento.

Na Europa, Ásia e África, além do coprocessamento, reativamos ou im­plantamos em algumas fábricas a solução chamada de Waste Heat Recovery, que recupera o calor decorrente de nossa produção e o transforma em energia elétrica. Com essas iniciativas, global­mente, encerramos o ano com 14,6% de energia com origem em combustíveis alternativos, per­seguindo nossa meta de 30% de fontes renováveis até 2020.

No âmbito da segurança, registramos, lamentavelmente, a ocorrência de uma fa­talidade on site com um empregado na América do Norte e oito fatalidades off site (fora de nossas insta­lações industriais) no Brasil, sendo seis com contratados e duas de terceira parte. A segurança é nosso principal valor e, por isso, trabalhamos para assegurar um ambiente de tra­balho seguro para todos e alcançar a meta de nos tornarmos uma empresa zero lesão. Em 2017, lançamos o Comitê Glo­bal de Segurança, realizamos uma nova edição do Dia Global de Segurança e implantamos outros projetos nas distintas unidades da companhia.

Novamente inspirados por nosso propósito, a interação e a conectividade com nossos públicos também foi um avanço de 2017. Iniciamos uma bem-sucedida cooperação com star­tups, fornecedores e outros atores externos, que passaram a compor nosso ecossistema de inovação e estão nos auxilian­do a vencer os desafios que se apresentam diariamente para transformarmos a companhia.

Estamos mais próximos de nossos clientes, o que foi possível, em grande parte, pela execução da nossa estratégia digital, que quebra barreiras físicas e torna as operações mais efi­cientes. Desenvolvemos aplicativos para smartphones que permitem ao cliente efetuar seu pedido de compra de forma prática e rápida, a profissionais da construção civil otimizarem seu trabalho e, ainda, que motoristas identifiquem rapida­mente a oferta de fretes em nossas unidades.

Também nos mantemos atentos às comunidades no entorno de nossas operações. Em 2018, ano em que a holding inves­tidora Votorantim S.A. completa 100 anos, vamos ampliar as ações que almejam deixar um legado às futuras gerações, apoiando iniciativas para melhorar a qualidade da educação pública em 27 municípios brasileiros onde esta­mos presentes.

Com base no pilar Gente com Autono­mia, também estamos mais próximos de nossos empregados, dando sequência a programas de de­senvolvimento profissional, com impulso ao empreendedorismo das equipes, mais movimenta­ções internas e reforço a práticas que aproximam os líderes dos profissionais e promovem o Diálo­go Aberto.

Temos certeza de que a nossa pere­nidade depende do engajamento e do protagonismo de nosso time, cada vez mais unido para colocarmos em prática o nosso propó­sito, sintetizado pela mensagem A vida é feita para durar.

Última Atualização em 9 de Maio de 2018

Voltar Topo
Fechar